18 de set de 2013

Pergunte-se : Estou satisfeito com o que tenho hoje?

O mundo hoje com a sua tecnologia avançada nos atrai para um desejo de ter sempre mais.

Seduz muitos a buscar segurança nas coisas materiais, conquistar o homem ou a mulher para o seu desejo pessoal.

Dinheiro, bens materiais, bons empregos parecem oferecer vantagens.

Mas que solução real os bens materiais oferecem em caso de doença grave, colapso da economia ou desastre natural?

O que oferecem quando a pessoa sente um vazio interior, precisando de um objetivo  na vida, de orientações e de respostas para as mais importantes perguntas a respeito da existência humana?

Buscar ter além do que se é necessário com o passar do tempo causa frustração. 

Recorrer para os bens materiais e a conquista em se apoiar em estar sempre em evidencia acaba trazendo uma vida fútil e sem perspectivas boas, pois tudo não passa de meros momentos.

Buscar a felicidade em coisas ou situações momentâneas é fazer uso de uma energia tão grande que após isso poderá sentir uma depressão muito forte, um sentimento de incapacidade pessoal.
Desejar se ter além do que é realmente necessário não fará prolongar indefinidamente a curta existência desde prazer seja ele em usufruir o bem material ou a conquista pessoal.

Conservar e se dar por feliz em pequenas coisas é tão mais e maior significante do que pensar em aumentar esse instinto de estar sempre em busca de algo ou alguma coisa.

Se procurarmos conservar o que temos, ser gratos e compreensivos, nos colocarmos no lugar do outro, facilmente poderemos entender muitas coisas nesta passagem de vida.
Diria que é mesmo que tentar alcançar o vento.

Nicinha


22 comentários:

  1. Costumo dizer que tenho uma vida boa.
    Encontro felicidade em pequenas coisas, pois é de pequenas coisas e gestos que se criam grandes momentos.

    Aprendi com os mais velhos, ensino e tento compreender/aprender com os mais novos. Todo o momento é ideal para parar, olhar e ouvir.

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  2. saber viver com o que se tem não é fácil. O ser humano é ambicioso ( e muitos sofrem de inveja...) e quer sempre mais e mais.

    Penso que quem aprende a viver com o que tem, sabendo poupar e conservar esse pouco, não invejando o outro que tem mais, consegue ser muito feliz
    Mas saber não é fácil...os olhos também "comem" como se ousa dizer

    Eu sou feliz com o pouco que tenho...

    Fique feliz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente a inveja é um sentimento péssimo e direciona para uma divida impagavel. Abraço

      Excluir
  3. OLá Nicinha

    Mais um belo artigo
    Eu aprendi a viver com muito pouco, e gerir o pouco de maneira que tenha uma vida mais ou menos estável. Confesso que, nunca fui ambiciosa... muito menos aventureira... porque se o fosse tinha muito mais.... Mas, "prefiro viver com pouco e ser feliz, que correr mundo e fundos passar por cima deste e daquele e ser uma infeliz" Prefiro não ter nada, mas ser feliz....

    Gostei de ler

    Um beijo grande
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A felicidade não está nas coisas materiais, até porque as coisas são para serem usadas, mas elas não nos garantem muita coisa na vida.
      Obrigada pela visita, bjs

      Excluir
  4. Bom, eu estou contente com tuo o que tenho, mas é ´bvio que desejo mais.
    Dificil apenas se contentar e continuar, há muita coisa nova na qual podemos conquistar...
    Mas, enfim...
    Sou feliz sim, na minha medida.
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então pense se tudo que deseja realmente poderá lhe trazer alegrias e não leva-la ao prejuizo pessoal, no sentido de lhe trazer tristeza ou apenas acumular mais um item pela casa, não esqueça se seu coração estiver preenchido pelo que é bom, não sentirá a necessidade de mais nada.
      Bjs

      Excluir
  5. Graças a Deus,eu estou muito contente com que tenho.
    Na minha vida já colhi bons frutos,familiares,meus pais,marido,filha,genro
    e um lindo neto de 5 anos.

    Lindo texto Nicinha.

    bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os seus tesouros são especiais, muitos os tem e não valorizam, trocam momentos belos por momentos sem conteúdo.
      Muito exemplar e a ser seguido por todos, muito obrigada por participar.
      Bjs

      Excluir
  6. Sem contar que nada levaremos daqui, a não ser o que vivemos... boa tarde! Belo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aninha, como vai você? agradeço sua participação, bjs

      Excluir
  7. Querida amiga

    Quando a alma tem fome de beleza,
    chegar aqui,
    sentir as palavras e o seu perfume,
    é encontrar o doce alimento da
    alegria...
    Alimento que me renova as energias,
    quando muito já silenciou pelos caminhos...

    A amizade é o alimento da esperança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aluisio, você sempre encantando com o seu poema, uma forma bela de responder participando elogiando, muito obrigada...

      Excluir
  8. Para ser sincera mais ou menos, rsrs não se trata só do material, mas sonhos que as vezes não conseguimos realizar, mas no geral agradeço a Deus pelo que possuo, e o que vier ademais é lucro.
    Convido gentilmente a conhecer meu espaço e claro se gostar ficaria muito feliz se o seguisse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço sua visita e claro que vou visita-la.
      Bjs

      Excluir
  9. A vida complicada por mais e mais desejos cobra um preço muito alto, de nós mesmos e do meio ambiente, atulhado cada vez mais de lixo. A s novas gerações, ainda por nascer, é que pagarão a conta de tantas dívidas...
    Acordar para o que é essencial e dedicar-se mais às coisas pelas quais nada pagamos - cultivar relacionamentos - se faz cada vez mais necessário, e sempre esquecido...
    Um abraço com carinho

    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O comentario de vocês se faz necessário eu dizer: Muito obrigada por esse respeito. Abraço de carinho também para ambos.

      Excluir
  10. Olá,
    Em cada um de nós temos a necessidade da afirmação de vida, esta depende muito no meio em que viemos e da selva que sobrevivemos,
    os bens matérias são necessários para contribuir para uma realização pessoal quando estes são obtidos pela via honesta, quando são obtidos para alimentar uma rivalidade ou tentar mostrar mais do que pode, resulta sempre num mau resultado.

    ag

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ag, na verdade tudo o que desejamos além do necessário nos causam grandes prejuízos sejam eles quais forem.
      Obrigada pela visita.

      Excluir
  11. Toda matéria é uma ilusão passageira, até mesmo o corpo perdemos...fica só a essência de nós e amor que aprendemos a doar...essa é a felicidade verdadeira...a da alma.

    Achamos o link novamente, Nicinha, rsrs...

    Ghost e Bindi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza meus queridos tudo é uma ilusão...o que fica é a bondade que podemos emanar para com o nosso próximo, o perdão de seus desatinos, provavelmente subsediados mentalmente.
      Então guardem o link com carinho, pois não podemos nos perder, nunca sabemos quando será necessário.... abraços

      Excluir

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.