8 de ago de 2013

FELIZ SEXTA-FEIRA.- Indicação deste livro para os nossos pequeninos, espero que vocês apreciem.

Um menino que desejava ardentemente residir no Céu, numa bonita manhã, quando se encontrava no campo, em companhia de um burro, recebeu a visita de um anjo.
Reconheceu, depressa, o emissário de Cima, pelo sorriso bondoso e pela veste resplandecente.
Alucinado de júbilo, o rapazelho gritou:
-Mensageiro de Jesus, quero o paraíso! Que fazer para chegar até lá?!
O anjo respondeu com gentileza:
-O primeiro caminho para o Céu é a obediência e, o segundo é o trabalho.
O pequeno, que não parecia muito diligente, ficou pensativo.
O enviado de Deus então disse:
-Venho a este campo, a fim de auxiliar a Natureza que tanto nos dá.
Fixou o olhar mais docemente na criança e rogou:
-Queres ajudar-me a limpar o chão, carregando estas pedras para o fosso vizinho?
O menino respondeu:
-Não posso.
Todavia, quando o emissário celeste se dirigiu ao burro, o animal prontificou-se a transportar os calhaus, pacientemente, deixando a terra livre e agradável.
Em seguida, o anjo passou a dar ordens de serviço em voz alta, mas o menino recusava-se a contribuir, enquanto o burro ia obedecendo.
No instante de mover o arado, o rapazinho desfez-se em palavras feias, fugindo à colaboração. 
O muar disciplinado, contudo, ajudou, quanto pôde, em silêncio.
No momento de preparar a sementeira, verificou-se o mesmo quadro: o pequeno repousava e o burro trabalhava.
Em todas as medidas iniciais da lavoura, o pesado animal agia cuidadoso, colaborando eficientemente com o lavrador celeste; entretanto, o jovem, cheio de saúde e leveza, permaneceu amuado, a um canto, choramingando sem saber por que e acusando não se sabe a quem.
No fim do dia, o campo estava lindo.
Canteiros bem desenhados surgiam ao centro, ladeados por fios de água benfeitora.
As árvores, em derredor, pareciam orgulhosas em protegê-los. 
O vento deslizava tão manso que mais se assemelhava a um sopro divino cantando nas campânulas do matagal.
A Lua apareceu espalhando intensa claridade.
O anjo abraçou o obediente animal, agradecendo-lhe a contribuição. Vendo o menino que o mensageiro se punha de volta, gritou, ansioso:
-Anjo querido, quero seguir contigo, quero ir para o Céu!...
O Emissário divino respondeu, porém:
-O paraíso não foi feito para gente preguiçosa. Se desejas encontrá-lo, aprende primeiramente a obedecer como o burro que soube receber a bênção da disciplina e o valor da educação.
E assim esclarecendo subiu para as estrelas, deixando o rapazinho desapontado, mas disposto a mudar de vida.

Autor: Neio Lucio
Recebemos  por e-mail na data de hoje em forma de Bom dia!!
Nicinha

8 comentários:

  1. Que lindo!! Bela história! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Querido Antonio, isso mesmo somos todos filhinhos do Papai do Céu, para ele não existe preconceito e nos ama por igual, abraço fraterno.

      Excluir
  3. OLÁ NICINHA.

    Excelente postagem, e que seu final de semana seja tão bom , quanto ela.

    Um abração carioca que, mesmo no inverno continua dando praia.(rs)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E que praia Paulo, ainda estou com a marca do meu biquini, rsss, agradeço pela visita e uma sexta-feira bem carioca a seu gosto....

      Excluir
  4. Olá amiga, ainda não conhecia este livro. Vou dar uma olhada aqui na Casa Espírita (é eu também curto livros infantis, rsrsrsrsrs).
    Grande abraço, saúde e paz interior.

    E para completar sua postagem deixo a seguinte mensagem:

    “Meu Pai trabalha até hoje e eu trabalho também.”
    (Jesus em João, 5:17)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Milton que bom saber que vc também se identifica com o evangelho de João; ali no relato de Jesus o que ele está se referindo ao trabalho se estende também até os dias de hoje, Ele nos acompanha e direciona com espirito santo os nossos caminhos, esse trabalho também se estende para àqueles que vivem em harmonia com seus conselhos estando assim tb em trabalho contínuo na pregação das boas novas do reino de Deus.
      Abraços e um lindo sábado para você.

      Excluir

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.