26 de out de 2012

Que possamos ter um fim de semana em harmonia em todos os lugares, não importa se seja em seu lar ou embaixo de uma ponte.



 Recebi por e-mail e é um florido encantador o video da Gina, o texto também é bem reflexivo que esta na página da Gina no Youtube. espero que gostem.


 A primavera chegou, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la. 
A inclinação do sol vai marcando outras sombras; e os habitantes da mata, essas criaturas naturais que ainda circulam pelo ar e pelo chão, começam a preparar sua vida para a primavera que chega. . 
Vozes novas de passarinhos começam a ensaiar as árias tradicionais de sua nação. 
Pequenas borboletas brancas e amarelas apressam-se pelos ares, — e certamente conversam: mas tão baixinho que não se entende. 
Oh! Primaveras, depois do branco e deserto inverno, quando as amendoeiras inauguram suas flores, alegremente, e todos os olhos procuram pelo céu o primeiro raio de sol. 
Esta é uma primavera diferente, com as matas intactas, as árvores cobertas de folhas. Algum dia, talvez, nada mais vai ser assim. 
Algum dia, talvez, os homens terão a primavera que desejarem, no momento que quiserem, independentes deste ritmo, desta ordem, deste movimento do céu. 
Enquanto há primavera, esta primavera natural, prestemos atenção ao sussurro dos passarinhos novos, que dão beijinhos para o ar azul. 
 Escutemos estas vozes que andam nas árvores, caminhemos por estas estradas que ainda conservam seus sentimentos antigos. 
Saudemos a primavera, dona da vida — e efêmera. 


 Nicinha

4 comentários:

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.