15 de jul de 2012

VIRILHA MASCULINA E A PROSTATITE.

O que é prostatite?
 Prostatite é a inflamação da próstata, uma glândula do aparelho reprodutor masculino, do tamanho de uma noz, localizada embaixo da bexiga e atrás do reto.
A próstata produz o sêmen que alimenta e transporta os espermatozoides.
A prostatite muitas vezes provoca dor ou dificuldade para urinar.
Outros sintomas incluem dor na virilha, na região pélvica ou nos órgãos genitais, e, às vezes, sintomas parecidos com os de uma gripe.
 A prostatite pode ter várias causas diferentes.
Ela pode surgir gradual ou subitamente.
Pode melhorar rapidamente, seja por conta própria ou com o tratamento.
Alguns tipos de prostatite duram meses ou apresentam várias recorrências.
Quais são os sintomas?
Os sintomas da prostatite variam dependendo da causa.
Eles podem incluir: Dor ou ardor ao urinar (disúria).
Dificuldade para urinar, levando a intervalos no jato urinário.
Micção frequente, especialmente à noite (noctúria).
Urgência para urinar.
Dor no abdome, virilha ou parte inferior das costas.
Dor na área entre o escroto e o reto (períneo).
Dor ou desconforto no pênis ou nos testículos.
Orgasmos dolorosos (ejaculações) ou dificeis de acontecer.
Sintomas de gripe (quando é uma prostatite bacteriana).
Quais os tipos de prostatite?
 Baseado em seus sintomas e nos exames laboratoriais solicitados, o médico poderá concluir que você tem um dos seguintes tipos de prostatite: 
**Prostatite bacteriana aguda.
Este tipo de prostatite pode causar sintomas gripais, febre, calafrios, náuseas e vômitos.
Prostatite bacteriana crônica. 
Esta prostatite bacteriana dura pelo menos três meses devido a infecções recorrentes ou de difícil tratamento. 
Infecções do trato urinário são comuns junto a este tipo de prostatite. 
Entre uma recorrência e outra, a prostatite crônica pode não mostrar sintomas ou ter sintomas mínimos que se tornam mais graves quando a infecção reaparece.
Prostatite crônica não causada por bactérias. 
Esta condição é muitas vezes referida como a prostatite não-bacteriana crônica ou síndrome da dor pélvica crônica. Tem a duração de pelo menos três meses. 
A maioria dos casos de prostatite está nesta categoria.
Para alguns homens, os sintomas permanecem sem alterações ao longo do tempo. 
Para outros, eles aparecem em ciclos. 
Por vezes, podem melhorar até mesmo sem tratamento.

Prostatite assintomática. Também conhecida como prostatite inflamatória assintomática, ela não causa sintomas e constitui-se em um achado de exames complementares realizados para outras condições. Este tipo não requer tratamento, porem observado com atencao. 

Quais são as causas da prostatite?
 A prostatite bacteriana pode ser causada por cepas de Escherichia coli, uma bactéria que também é o agente etiológico de várias infecções urinárias.
Outros germes menos comuns são: Proteus, Klebsiellla, Enterobacter, Pseudomonas ou Serratia. 
A infecção pode começar quando há ascensão de uma infecção localizada mais abaixo na uretra ou por refluxo de urina infectada para os ductos prostáticos. 
Também ocorre por bactérias que habitam o reto e chegam à próstata diretamente ou através dos gânglios linfáticos ou por bactérias existentes no sangue que chegam à próstata através de vasos que irrigam esta glândula. 
 Na maioria dos casos de prostatite, a causa não é identificada.

Outras causas que não a infecção bacteriana podem incluir:
Desordens do sistema imunológico.
Distúrbios do sistema nervoso. 
Ferimentos na próstata ou na região da próstata. 

Quais são os fatores de risco? 
Fatores de risco para a prostatite incluem: 
Ser jovem ou de meia-idade. 
Episódios prévios de prostatite ( sintomas de dor como se fossem disfuncao fisica ou caimbras ). 
Ter uma infecção na bexiga ou na uretra. 
Trauma na região pélvica. 
Desidratação. Uso de catéter urinário (tubo inserido na uretra para drenar a bexiga).

Relação sexual desprotegida.
Ser portador do vírus HIV ou ter (HPV) AIDS.
Estar sob estresse psicológico.
Hereditariedade.
Algumas características hereditárias podem facilitar o aparecimento da prostatite. 

Quando consultar um médico? 
Quando um homem sente dor pélvica, dificuldade ou dor para urinar ou tem orgasmos dolorosos (ejaculações durante o relacao), ele deve consultar um médico (urologista). 
Quando não tratados, alguns tipos de prostatite podem causar o agravamento da infecção ou outros problemas de saúde.
Para os homens que fazem uso de estimulantes para manter ou ter ereção e prazer (viagras da vida), o risco de uma infecção é mais grave, pois o seu aparelho genital irá sofrer uma pressão sobre medicação não identificada e orientada pelo médico, podendo ter com o passar do tempo uma falência dos orgãos. 

A depilação seja ela através de cera ou de outra forma, ela deve fazer parte da higiene íntima do homem, o importante se caso houver algum desconforto na virilha deve procurar um medico o mais rapido possivel, idade de 50 a 65, tais sintomas podem evoluir internamente e os danos podem ser muitos, por exemplo dirigir, caminhadas e corridas é algumas modalidades esportivas podem ficar proibidas.
Imagens:  conjunto de 3 fotos mostra os passos da disfuncao em virilha com micose e prostatite interna e a segunda imagem mostra micose/dermatite avancada externa e prostatite interna

Perseveranca


Parte da pesquisa foi da  fonte de texto  ABC medicos.br, que também faz parte do meu projeto.

22 comentários:

  1. Está certo o homem ter cuidados consigo. Chega de ele pensar que é super, que é inatingível, que é demais. Ótima publicação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super é o homem que se cuida, nesse ato ele também acaba por cuidar indiretamente de seu cônjuge, bj Lola no seu coração

      Excluir
  2. O site ABC é um dos melhores na Mídia para este tipo de pesquisa e é bom salientar isso aqui no blog pq os homens estão deixando para cuidar de sua saúde só quando já estão com sintomas graves.


    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Andréia, essa é a finalidade do blog, se não for assim não me interessa postar coisinhas fúteis e sem uma realidade viva e atuante; os homens ainda sofrem com o preconceito de que ter um pênis grande e duro é o fundamental, na matéria coloquei também meu ponto de vista entre um paragrafo e outro, no hospital temos essa vivencia de ter paciente que chegam em um estágio avançado e a solução as vezes é a cirúrgia.
      Bj

      Excluir
  3. Oi Nice... muito boa a matéria li na integra Parabéns....

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. Agradeço sua visita, de uma próxima vez que nos visitar por favor deixe seu primeiro nome/apelido e a região que reside; isso é para distinguir de péssimos comentários na página.
      Agradeço sua visita e espero que possa ter um bom proveito da matéria.
      Estou preparando uma matéria especial para o Dia do Homem, afinal vcs merecem também.
      Abraço fraterno

      Excluir
  5. Oi Nice.
    Obrigado por sua visita, não fosse por ela eu talvez não tivesse conhecido seu blog. Esse sim é uma página digna de se ler e acompanhar.
    Aceito sua proposta. O que sugere para iniciarmos a parceria?
    Renato.

    ResponderExcluir
  6. Agradeço pelo elogio, é que estamos na mesma linha de raciocinio...
    Vou fazer contato, aguarde.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Boa noite! Gostaria de saber si é normal o homem sentir uma dor nas virilhas apor a relação sexual? Essa dor incomoda tanto que não pode nem encostar.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, existem alguns fatores quedevemos levar em consideração: 1-se essa dor em que vc se refere acontece com frequencia, neste caso um urologista deve ser consultado. 2- pode ser queem ummomento do ato sexual houve uma "pegada mais forte" rsss então seria normal, claro se não aconteceu de outras vezes. 3- observar a cor da urina e odor, pois pode acontecer de alguma inflamação conforme citei na matéria.
      Indico que faça a releitura da matéria e converse com seu conjuge .
      4- idade do homem também influencia, rotina sedentária (bebida,cigarro,droga e falta de atividade fisica; contudo é um conjunto de ações, exames preventivos como o exame de próstata são "necessários" a partir dos 35 anos, caso não tenha casos de Ca na familia.
      Abraço e volte sempre.

      Excluir
  8. ola tudo bem tenho 24 anos tou com um poblema parecido,depois da relação sexual com minha parceira eu começo ter uma dor forte na virilha até a parte do reto uma dor forte que tenho ate dificuldade de urinas.sera que deve ser poblema na próstata???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro passo é verificar se está com infecção de urina, na sequencia aconselho procurar por um urologista; os exames iniciais poderão detectar as anormalidades; sua idade por ser bem jovem não se encaixa nas estatisticas de problemas relacionados ao câncer de próstata,mas você tem outros agravantes como dor em virilha e dificuldade de urinar.
      Procure abster-se das relações sexuais por enquanto mas se caso houver use preservativos; também é muito importante saber se na sua familia direta como pai e avô já tiveram problemas deste tipo ou semelhante. Agradeço por sua visita ao blog.
      Grande abraço

      Excluir
  9. Que de medicamento serve para tratamento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rogério,
      toda e qualquer medicação somente deve ser usada quando o paciente realizou exames sejam eles de imagem ou em sorologia e também avaliado por um profissional na especialidade de urologista.
      Não seria ético eu indicar medicamento ou tratamento uma vez que você não é meu paciente. Marque consulta , em tempo se precisar de alguma indicação faça contato mas deixe seu e-mail para retorno.
      Abraço

      Excluir
  10. Já tomei um mês antibiotico pra prostática e a dor volto pior nas costas no reto e no abdômen baixo lado esquerdo. Já não sei mais o que fazer . To desesperado os médicos não ajudam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriano,
      Em seu relato você fez uso de antibiótico, mas se as dores não retardam, é aconselhavel o retorno ao medico que lhe atendeu ou procurar um especialista em urologis; vc relata bem claramente a dor prostatica, portando seja rápido em buscar o atendimento especializado, se as incomodações já se estender para outras partes importantes. Um exame que de imediato irá poder identificar se existem tumores é a RM- Ressonancia magnetica em foco pelvico.Em seu próximo contato por favor deixe seu e-mail.

      Excluir
  11. Moisés Rossoni 8 de abril muito obgdo pela matéria tudo que estou sentindo VC falou aqui vou fazer os exames pra constatar o problema gostaria que vc me ajudasse sou muito ansioso abçs moisesrlaranja@gmail

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moises,
      Agradeço sua visita. Sua atitude está correta, iniciar o esclarecimento de suas dúvidas com consultas e previamente com exames, é dar a demonstração que você ama seu corpo. Nosso corpo é nosso santuário onde devemos sempre estar atentos aos sinais de que estamos cansados. Não seja impaciente, quando perceber que isto está tirando sua paz mental, faça caminhadas ou assista desenhos animados tipo Tom&Jerry.Depois me fala como se sentiu.
      Fraterno abraço e de noticias.

      Excluir
  12. Tenho 36 anos ontem comecei a sentir uma dor no canal urinário. Como se estivesse sendo comprimido e uma ardência.

    ResponderExcluir
  13. Marcello, obrigada pela visita.
    A princípio o correto e procurar pronto socorro, observe a cor da urina e o cheiro, através de um exame de urina+cultura+a tb poderá se saber se e ou não uma infecção urinária. Não deixe de procurar após isso agendar com a especialidade de urologia. Lembre se para esse seu relato o clínico geral poderá resolver. Abraço.

    ResponderExcluir

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.