21 de jul de 2012

Recadinho para a saúde dos homens e do casal


Ejaculação precoce está ligada à ansiedade em 75% dos casos

Insatisfação
Cerca de 500 pacientes com disfunções sexuais procuram todos os meses o Centro de Referência da Saúde do Homem, em São Paulo. Entre eles, 25% procura tratamento para a ejaculação precoce.
 A ejaculação precoce ocorre quando o homem chega ao auge da relação em um curto espaço de tempo e com poucos estímulos sexuais.
 Este "descontrole" pode acontecer antes mesmo da penetração, durante as preliminares, e causa constrangimento e insatisfação ao casal. 

Ejaculação precoce
 A ejaculação precoce é mais comum em jovens e no encontro com novos parceiros - quando não há intimidade entre as duas pessoas.
Também temos os casos de homens de 50 anos aos 65 anos que já estão acostumados com a ejaculação e acabam por enrolar o tempo até atingirem o máximo do corpo ou apelam para medicamentos de ação rápida.
 A ansiedade intensa que acomete o homem antes do sexo, principalmente pelo medo de não corresponder às expectativas da parceira, é um dos principais vilões do bom desempenho sexual. 
Outra característica em comum entre os pacientes que mais se queixam do problema é a timidez excessiva. "A insegurança em relação à própria aparência, e muitas vezes a inexperiência, geram grande pressão psicológica no homem. 
A consequência deste 'transtorno ansioso' é o aceleramento da ejaculação", explica o médico coordenador do serviço de urologia Cláudio Murta. 

Tempo de uma relação sexual

Quando não ligada a causas emocionais, a ejaculação precoce pode ser decorrente de fatores orgânicos como distúrbios neurológicos. 
O diagnóstico do distúrbio e a indicação de tratamento devem ser realizados por um especialista, que vai avaliar a frequência com que estes episódios se repetem e o quanto eles influenciam na satisfação do casal. O Dr. Murta acrescenta que o uso de medicamentos ou de cremes que prometem retardar a ejaculação, indicados por amigos ou disponíveis na internet, não são aconselhados e oferecem riscos a saúde. 
 Cientistas norte-americanos estão testando uma nova abordagem de tratamento contra a ejaculação precoce, baseada em calor. 

 Sobre o tempo "normal" de uma relação sexual, o estudo mais recente sobre o tema, feito por cientistas dos EUA e do Canadá, mostra que uma relação sexual satisfatória para o casal dura entre 3 e 13 minutos.

Fonte: Diário da Saúde - 

Ponto de vista: parte de estudo para acompanhamento da área cardiológica, e neste estudo tenho observado que homens até uma certa idade e que são considerados jovens estão sofrendo de doenças cardiológicas por não desenvolverem uma atividade sexual plena, ficam nervosos e neurológicamente abalados; então meus amados homens, vamos procurar um urologista e iniciar um tratamento  para saber o que acontece com sua saúde, e se me permitirem as moças, vamos participar mais e incentivar de que forma? acompanhando nas consultas, lendo mais sobre o assunto para conversar abertamente com eles, existe uma infinidade de situações para a solução, por isso que o titulo da postagem fala que também é para o CASAL, ninguém em uma relação pode agir independentemente, por isso o nome casal, dupla, parceiros ou cônjuges. 

Perseverança


6 comentários:

  1. A vida das profissionais de saúde é dura porque lida com doenças e doentes e a recompensa é a recuperação dos seus atendidos, sempre que possível. Feliz Dia do Amigo, nessa compreensão das diversas vocações. Se a minha é cuidar da casa, das coisas simples, conto com a sua amizade e com a amizade de todas as profissionais da área caso algum dia, necessite. Toda a população é humilde diante de vós, por necessidades físicas, tenha a consciência da sua superioridade nesses momentos e o espírito bom para perseverar nessa bondade, assim te desejo um lindo final de semana junto aos seus amigos e familiares. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  2. Que linda mensagem Yayá; isso mesmo a recuperação de um paciente é tão importante qto se fosse de um parente nosso, muitas vezes sentimos a dor da familia qdo este acaba por deixar este plano; coragem para explicar e direcionar os familiares requer muito mais que conhecimento profissional, mas espiritualidade constante para agir com discernimento.
    Por isso o ato correto é sempre buscar honrar o nosso semelhante, o verdadeiro amor não busca o próprio interesse e sim do outro.
    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante e de muita utilidade esta mensagem.
    Só é pena que muitos homens, ou por vergonha ou por falta de conhecimento, não procuram a ajuda que os profissionais de saude lhe podem conceder.
    Bom fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com toda razão e infelizmente também, as consultas médicas somente acontecem depois de um estado mais grave quando já estão em estado critico.
      Grande abraço e obrigada pela visita, bj

      Excluir
  4. Eu gosto delas longas e sem pressas...!
    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  5. É realmente de grande valia o comprometimento da mulher na tentativa de incentivar ao homem em busca da resolução do problema. No entanto, em se tratando de problemas desse tipo, se faz necessário uma relação madura, caso contrário, a presença da mulher terá efeito contrário para o homem. Não deveria ser assim, mas, ainda é.
    Manoel Oliveira
    Abraço.

    ResponderExcluir

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.