20 de mai de 2012

Rapaz é suspeito de criar um perfil falso no twitter de uma empresária. Caso ocorreu em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

Do G1 PR, com informações da RPC TV

Um rapaz de 25 anos é investigado pela Polícia Civil de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Ele é suspeito de criar um perfil falso no twitter de uma empresária. A vítima se sentiu ofendida e procurou a polícia para abrir um Boletim de Ocorrência. O jovem disse em depoimento, na tarde de quinta-feira (18), que tudo não passou de uma brincadeira.

"Ele simplesmente falou que era uma homenagem (...), uma brincadeira que é comum no twitter", contou o delegado Getúlio de Morais Vargas.
Uma das mensagens, do perfil que ficou 20 dias no ar e tinha mais de 400 seguidores,  dizia: "Estou sem comprar nada há quase um mês. Não me peçam nada amanhã, meu humor está péssimo".
O especialista em crimes eletrônicos contratado pela empresária, Wanderson Castilho, disse que a brincadeira foi de mal gosto. "Cada momento que ela passa na rua, aparecem pessoas rindo e tirando sarro".
Ainda, segundo o delegado, se condenado, o rapaz poderá responder pelos crimes de injúria e difamação.
No Brasil, quem usa a internet para cometer crimes pode ser punido de acordo com as leis do código penal. Criar um perfil falso, por exemplo, caracteriza falsidade ideológica e se o caso for mais grave, também pode caracterizar crime contra a honra.

G1

Postagem retida do Blog do Caxorrao

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.