20 de out de 2011

Prevenção é um meio de evitar tratamentos longos contra a Osteoporose.


Com exercícios e hormônios, é possível prevenir a doença capaz de limitar a movimentação

O QUE É

Uma doença que atinge os ossos. Ocorre quando a quantidade de massa óssea diminui substancialmente e desenvolve ossos ocos, finos e de extrema sensibilidade, mais sujeitos a fraturas. Faz parte do processo normal de envelhecimento e é mais comum em mulheres que em homens

A doença progride lentamente e raramente apresenta sintomas.
Se não forem feitos exames para uma avaliação e tratamento preventivo.

Coluna (1)

Pessoas idosas podem fraturar as vértebras da coluna com freqüência.
A chamada ''corcunda de viúva'' é uma deformação comum e pode até levar à diminuição de tamanho do doente

Pulso (2)

Por ser um ponto de apoio, é uma área na qual as fraturas acontecem normalmente.
Os ossos sensíveis têm pouca estrutura para sustentar o peso do corpo quando cai.

Quadril (3)

Outro ponto fraco entre os que têm a doença. As fraturas de bacia são difíceis de cicatrizar e podem levar à invalidez. Estudos mostram que em torno de 50% dos que fraturam o quadril não conseguem mais andar sozinhos.

Fêmur (4)

Também muito comum entre os que desenvolvem a doença.
É freqüente tanto em homens quanto em mulheres, principalmente depois dos 65 anos.
A recuperação costuma ser lenta.

A MASSA ÓSSEA

O aparecimento da osteoporose está ligado aos níveis hormonais do organismo. O estrógeno — hormônio feminino, também presente nos homens, mas em menor quantidade — ajuda a manter o equilíbrio entre a perda e o ganho de massa óssea.

SINTOMAS

A doença progride lentamente e raramente apresenta sintomas. Se não forem feitos exames sangüíneos e de massa óssea, é percebida apenas quando surgem as primeiras fraturas, acompanhadas de dores agudas. A osteoporose pode, também, provocar deformidades e reduzir a estatura do doente.

Dica da Perseverança: Dieta com alimentos ricos em cálcio — como leite e derivados; verduras, como brócolis e repolho, camarão, salmão e ostra. A reposição hormonal do estrógeno em mulheres na menopausa consegue evitar a osteoporose.

Um comentário:

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.