10 de out de 2011

CATAPORA EM ADULTOS PODE SER PERIGOSA MAIS DO QUE EM CRIANÇAS.




Dificilmente a catapora atinge recém-nascidos, adolescentes e adultos.
O maior número de casos está no período da idade escolar, justamente por conta do contato com outras crianças, em locais onde elas passam boa parte do dia, como escolas e creches.
Também é por este motivo que a doença se alastra rapidamente, mas na infância, costuma ser benigna.
O período em que o risco da catapora pode se tornar mais séria é na adolescência e na fase adulta, há um risco maior, principalmente quando o paciente é portador de outras enfermidades, porque a febre dura mais tempo, a quantidade de feridas é maior e a infecção pode atacar o pulmão.
Por isto, quem não teve catapora quando criança deve se vacinar para evitá-la.
As complicações da enfermidade na infância também podem ocorrer, apesar de raras, e entre elas estão as infecções bacterianas de pele, pneumonia e outras mais raras, que podem atingir o sistema nervoso, rins, coração, articulações e o sistema hematológico.

Como não há como evitar a catapora, mas sim o contágio e as complicações da doença, vale a pena conferir, a seguir, alguns procedimentos que ajudam a amenizar a enfermidade:

- Corte sempre as unhas e mantenha-as limpas para não infeccionar os ferimentos;

- Enquanto as lesões do corpo não estiverem totalmente secas, evite contato com pessoas que tenham baixa capacidade de defesa imunológica (as que estão em tratamento de câncer, portadores do vírus HIV e outras doenças, além das grávidas);

- Use roupas leves para evitar o calor e aliviar as coceiras;

- Use luvas na hora de dormir, caso as coceiras incomodem muito;

- Não arranque as crostas que se formam quando as feridas estão secando, o ferimento pode regredir;

- Mantenha-se em repouso enquanto tiver febre;

- Consuma alimentos leves e saudáveis e tome muito líquido

Fonte para estudo: BONDE

Secretaria de saúde alerta municípios

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo alerta os municípios para prevenção da varicela (catapora) no período da estação da Primavera. O período de estação, que começou em 23 de setembro, é considerado o mês de facilitador da transmissão do vírus da catapora.

No ano passado, o Estado de São Paulo registrou 39.043 casos da doença. Em creches e escolas nas quais dois ou mais casos foram confirmados, as crianças menores de 6 anos devem ser imunizadas, gratuitamente.

IMAGEM: ADULTO COM CATAPORA

PONTO DE VISTA: A prevenção ainda é o meio mais seguro, deve-se começar sempre com a carteirinha de vacinação em dia, já é o primeiro passo, o segundo passo é ficar alerta a qualquer sintoma diferente no corpo (manchas).

Perseverança



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.