6 de set de 2011

Por onde andamos no mês de agosto? Adquirindo conhecimento e trocando ideias.



Dependência química

Encontro aproxima comunidade das políticas de assistência social.

Promover o encontro da diversidade de pessoas, grupos e organizações para, coletivamente, conhecer e aprimorar de forma continuada as políticas públicas para a prevenção e tratamento da dependência química, especialmente do crack, são apenas alguns dos principais objetivos de um encontro que aconteceu sexta-feira, dia 26 de agosto, no centro da cidade de São Paulo.

O local do evento foi especialmente escolhido para proporcionar um debate informal e descontraído:
Escola Estadual João Kopke, no bairro dos Campos Elísios, ao lado da Estação Júlio Prestes.

Durante o encontro, aconteceu leitura de trechos da obra Grande Sertão Veredas, de Guimarães Rosa; de Ulysses, de James Joyce; e de Odisseia, de Homero; além de depoimentos de dependentes e seus familiares, de terapeutas, educadores, médicos, profissionais da saúde e de representantes de diversos segmentos da comunidade.

Ponto de vista: é nessa convivência com a comunidade que podemos sentir profundamente a necessidade do DEPENDENTE DE DROGAS o apoio da familia e amigos.
Antes de qualquer situação, usar de posição de muita harmonia e paciência com o dependente é fator necessário.
Hoje em dia já temos algumas empresas que aderiram ao APOIO AO PROFISSIONAL DEPENDENTE, são empresas que não demitem e sim apoiam financeiramente em tratamentos psicológicos, medicamentos e recreação cultural especificamente para cada caso.
Deixo o meu abraço para o Dr. Daniel Ferreira (médico sanitarista), que antes de ser um médico é um homem, um cidadão que se preocupa com o seu próximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.