24 de set de 2011

A escrita reproduz códigos da alma...

Eu e ele, Ele e eu
Uma interrogação, um mistério
Algo que sempre quis desvendar
Suave como uma brisa
Penso que vivo num sonho
Eu e ele
Ele e eu

O abraço desejado
O beijo delicado
Rosto de criança
Corpo de homem
E na varanda...
Eu e ele
Ele e eu

Convidas com o vinho
Espero do imprevisível
O corpo de ponta a cabeça
Sentimentos variados
Eu e ele
Ele e eu

Um comentário:

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.