28 de set de 2011

Divórcio e queda de cabelo.


Pesquisa mostra que mulheres separadas tem mais queda de cabelo

Os seus cabelos começam a cair e você procura mil motivos para entender isso: mas um deles você pode não conhecer. Uma pesquisa realizada pelo Dr. Bahman Guyuron, e publicada recentemente pelo jornal britânico "Daily Mail", revelou que situações como o divórcio podem levar as mulheres a perderem os cabelos.

O estudo mostrou que mulheres que se separaram ou que ficaram viúvas são muito mais propensas a sofrer de queda de cabelo do que mulheres bem casadas ou então que vivem solteiras. Isto é, o estado civil da mulher afeta o seu estado de espírito, segundo o estudo. “Provavelmente o estresse é uma característica de um divórcio problemático e isto pode levar a perda de cabelo entre as mulheres”, contou o médico, que ainda acrescentou que situações como ter filhos também podem causar problemas com os fios da mesma forma que o divórcio.

Mas se você acha que só ficar calminha e tentar não se estressar e manter sua vida de solteira ou casada em ordem é a solução, más notícias. Ainda existem outros fatores que contribuem com a queda dos fios. De acordo com o estudo, além do estresse, o excesso de bebida e fumo também podem prejudicar a saúde das madeixas.

A pesquisa foi feita com 84 mulheres, gêmeas idênticos, que responderam a um questionário sobre seus estilos de vida, fizeram exames e análise de fotos de seus cabelos. O estudo observou que o uso de gêmeos idênticos era importante, pois cada dupla carrega os mesmos genes, afastando assim as diferenças genéticas como uma causa potencial para a queda.

Os homens realmente lidam melhor com essa situação. O divórcio não afetou os fios da mesma maneira que nas mulheres.

Fonte: Redação Bolsa de Mulher/ assinante

Ponto de vista: Então eu ainda acho que se tem alguém que gosta de você é você mesma.
Claro que não é fácil o rompimento daquele relacionamento em que você imaginava ser ELE o homem de lhe acompanhar até a morte.
E daí você acaba por esquecer de viver? de forma alguma, aos poucos tudo vai de ajustando, e evitar estar ou ter por perto aquelas recordações mesmo que sejam boas, mas são essas que te fazem sofrer, então nada como um dia após o outro, vivendo um dia por vez. E sua saúde fisíca e mental vão agradecer com certeza.

Um comentário:

  1. Todas as situações de stress são propiciadoras desse fenómeno.

    ResponderExcluir

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.