28 de abr de 2011

Futebol e meio ambiente, combinação legal.





No dia 18 de abril, dois dos maiores rivais do futebol brasileiro se uniram pela preservação do meio ambiente. A Sociedade Esportiva Palmeiras se juntou ao Sport Club Corinthians Paulista no projeto Jogando pelo Meio Ambiente, iniciativa inédita no Brasil lançada em 2010 pelo Banco Cruzeiro do Sul, que tem como objetivo promover a responsabilidade socioambiental junto às grandes massas por meio do futebol.
Cada time terá um embaixador próprio que será o responsável por difundir o programa junto aos demais jogadores e torcedores.


Pelo Corinthians será o goleiro Júlio César, que substituirá o ex-capitão e jogador William, representante do timão em 2010.
Já pelo Palmeiras a função ficará para Deola, arqueiro da equipe.
Na entrevista coletiva que selou a parceria entre os dois clubes, Deola fez uma proposta, aceita rapidamente por todos os parceiros do projeto: Corinthians, Banco Cruzeiro do Sul, Nova Estratégia e Instituto Ecoar. Nos jogos de Corinthians e Palmeiras, caso os goleiros não sofram gols em suas respectivas partidas, mais 200 árvores serão plantadas (100 para cada jogo).
Os goleiros combinaram também que, após o fim da temporada, o time que marcar o menor número de gols e, por consequência, plantar o menor número de árvores, terá de fazer uma doação de cestas básicas. A quantidade, que será ainda definida, já terá o seu número dobrado automaticamente, como contou Fábio Rocha Amaral, membro do conselho administrativo do Banco Cruzeiro do Sul.
Para o palmeirense Deola, participar ativamente de um projeto que tem um objetivo tão grandioso é um prazer. “A responsabilidade ambiental hoje é algo que precisa estar presente no dia a dia de toda a população. Não existe sustentabilidade sem o engajamento de todos. Espero defender mais pênaltis daqui para frente”, diz Deola.


Na foto:Júlio Cesar, do Corinthians (à esquerda) e Deola, do Palmeiras, selam parceria
entre os dois maiores rivais de São Paulo (Foto: Divulgação/Banco Cruzeiro do Sul)

PONTO DE VISTA: Muito legal e que sirva de exemplo para outros times e as torcidas organizadas, em vez de brigas nos estádios comecem a unir criatividade e ajudar o nosso meio ambiente.
APFC

Fonte:Revista Meio Ambiente Industrial/abril 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.