2 de jul de 2010

O SER ESTRANHO.


O SER ESTRANHO.
Que ser é esse que quando esta feliz não reparte essa alegria.

Por onde passa não deixa flores na sua travessia.

Quando chora não emite emoções e sim ódio.

Quem dera meu Deus pudesse aliviar esse ser estranho.

Elevá-lo ao mais alto pódio.

Lhe entregar a maior chave do mundo.

A chave que abre a porta do amor humano, ausente neste injusto mundo.


Autor: Eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.