17 de fev de 2010

O FAZENDEIRO E O CAVALO. SÉTIMA SESSÃO


Um fazendeiro, que lutava com muitas dificuldades, possuía alguns cavalos para ajudar nos trabalhos em sua pequena fazenda.
Um dia, seu capataz veio trazer a notícia de que um dos cavalos havia caído num velho poço abandonado.
O poço era muito profundo e seria extremamente difícil tirar o cavalo de lá.
O fazendeiro rapidamente foi até o local do acidente, avaliou a situação, certificando-se que o animal não tinha ferimentos.
Mas, pela dificuldade e alto custo para retirá-lo do fundo do poço, achou que não valia a pena investir na operação resgate.
Tomou, então a difícil decisão:
**determinou ao capataz que então fosse sacrificado o animal. jogando terra no poço até enterrá-lo, ali mesmo.
E assim foi feito: **os empregados comandados pelo capataz, começaram a lançar terra para dentro do poço de forma a começar a cobrir o cavalo.
Mas, à medida que a terra caía no dorso, o animal a sacudia e ela ia acumulando no fundo, possibilitando ao cavalo ir subindo.
Logo os homens perceberam que o cavalo não se deixava enterrar, mas ao contrário, estava subindo à medida que a terra enchia o poço, até que finalmente, conseguiu sair.
Sabendo do caso, o fazendeiro ficou muito satisfeito e o cavalo viveu ainda muitos anos servindo fielmente a seu dono.

O QUE PODEMOS APRENDER COM TUDO ISTO?
NÃO DESISTA DE VOCÊ, EXISTE UM DEUS MARAVILHOSO QUE TE CONHECE E SABE DE SUAS LIMITAÇÕES, QUE LHE DÁ TODOS OS DIAS UMA, DUAS...OPORTUNIDADES DE IR EM FRENTE DE TIRAR A TERRA E VOCÊ SAIR DO POÇO DA TRISTEZA, INJUSTIÇA E ATÉ DO ÓDIO QUE VENHA A EXISTIR EM SEU CORAÇÃO.
ESSA HISTÓRIA VEIO DE INSPIRAÇÃO DE PAULO LACAVA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.