26 de jan de 2010

RINS, VOCÊ CONHECE O SEU? AUMENTE O SOM E MUITA ATENÇÃO.


Cólica renal

A cólica renal é a dor mais próxima da dor do parto que o homem pode sentir. Uma das causas é a presença de cálculos ou pedras nos rins ou vias urinárias, que são formações endurecidas resultantes do acúmulo de cristais presentes na urina. Uma característica marcante da cólica renal é a grande intensidade da dor. Segundo os especialistas, o cálculo renal resulta da associação de várias doenças. Quem tem cálculo renal, possivelmente, apresenta algum distúrbio metabólico que faz com que os cristais normalmente eliminados pela urina se precipitem e formem a pedra. Feito o diagnóstico, recomenda-se avaliação metabólica, pois dela depende a definição do tratamento mais adequado. Uma pedra formada no rim pode ali permanecer durante meses ou anos, sem causar problemas, ou crescer, obstruindo o fluxo urinário. Essa obstrução explica a dor súbita e de forte intensidade na região lombar (onde está o rim afetado). Outras pessoas expelem a pedra naturalmente com a urina, sem perceber ou senti-la. A crise da dor é seguida de certo alívio. Pode atingir o baixo ventre e a região genital, e vem acompanhada nas crises mais intensas de:

Náuseas.
Vômitos.
Palidez.
Sudorese.

Taquicardia. Os exames incluem radiografias simples de abdome, ultra-sonografia abdominal, urografia excretora (exame das vias urinárias que permite localizar o cálculo renal), além da tomografia computadorizada helicoidal de abdome, para encontrar cálculos renais obstrutivos ou não. As causas são várias: urina supersaturada de sais; grande quantidade de cálcio, fosfatos, oxalatos, cistina, ou falta de citrato; distúrbios metabólicos do ácido úrico ou da glândula paratireóide; infecções urinárias; alterações anatômicas e a obstrução das vias urinárias. Entre os sintomas mais comuns da presença de pedras nos rins, estão:
Sangue na urina.
Forte dor no abdome.
Suspensão ou diminuição do fluxo urinário.
Maior necessidade para urinar.
Infecções urinárias.
Dor lombar aguda. O tratamento visa ao alívio imediato da dor. Evite, durante as crises, beber líquidos de maneira exagerada, pois pode aumentar a pressão da urina no rim e, conseqüentemente, piorar as dores. Os medicamentos indicados são analgésicos e antiinflamatórios potentes, aplicados via endovenosa para aliviar a dor súbita e forte. Cirurgias como a litotripsia ou bombardeamento das pedras por ondas de choque; a percutânea ou endoscópica; a ureteroscopia e o cateterismo ureteral, são outras formas de tratamento. Para prevenir as cólicas renais, basta adotar alguns costumes:
Beba de dois a quatro litros de água por dia. A urina se torna clara e pouco concentrada, diminuindo a deposição de sais e formação de cristais.
Faça exercícios físicos de três a quatro vezes por semana. O sedentarismo é um dos maiores inimigos dos rins e predispõe a formação de cálculos. Preste atenção para estar sempre bem hidratado.
Adote uma dieta alimentar balanceada. Não abuse de proteínas, sal, derivados de leite, carboidratos e alimentos ricos em purinas (como sardinha e fígado), que aumentam as taxas de ácido .

O QUE É SUDORESE?

Quando o Sistema Nervoso Simpático opera em uma condição anormal de hiperatividade, estímula as glândulas sudoríparas de determinadas partes do corpo, fazendo com que essas produzam sudeorese muito além da necessidade para a regulação de temperatura.

Apesar de não conhecermos muito bem as causas pelas quais isso ocorre, alguns indivíduos com sudorese intensa nas mãos, na face, nas axilas e nos pés desenvolvem um quadro chamada de "fobia social", por se sentirem envergonhados e pressionados, aumentam a atividade do sistema nervoso simpático, sobre o qual não temos controle. Para essas pessoas, manusear papéis, segurar na mão de entes queridos se torna motivo de pânico por ser constrangedor. .

Principais áreas afetadas:

- face
- mãos (hiperidrose palmar)
- axilas (hiperidrose axilar)
- pés (hiperidrose plantar)
- couro cabeludo (hiperidrose craniofacial)

Esses são os locais mais afetados. No entanto, os casos são muito específicos, podendo ter outras regiões do corpo afetadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.