8 de set de 2009

CARINHO QUE SE GUARDA E CONSERVA NUNCA ACABA.


A noite parece não passar.
E o relógio parece estar sem corda.
Estou suando, estou excitada, minha pele esta lisa.
De repente sinto o seu corpo grudado ao meu.
Você respira pausadamente, posso sentir o acelerar do seu coração.
Suas mãos percorrem por todo o meu corpo, me apertam a cintura.
Novamente posso sentir sua respiração, agora mais rapida, o que
te acontece?
No seu olhar diz tudo, os seus lábios úmidos tocam os meus,
levemente nos tornamos uma chama de calor.
Me apoio em seus ombros, esfrego minha face na sua, corpo no corpo.
Sinto-me segura em seus braços, ouço atentamente o que diz, verdades ou mentiras, más o que importa é o momento aqui vivido.
Saborear o licor que vem de você, e que em nenhum instante para
de encher minha taça, que minha boca se delicia no seu gosto...
Saborar de sua boca o gosto que vem da única taça, pra que duas se somos um só.
Durante todo esse aconchego, todo esse momento caliente posso moldar com minha mão a forma do teu rosto, acariciar e guardar cada molde para na distância tocar minha face e lembrar com carinho esse momomento.
Que já amanhaceu e de repente sinto novamente o teu peso sobre o meu corpo e me acordas e novamente sinto o calor me subir as pernas, que bom, pois não preciso me mover, pois internamente os movimentos são conclusivos até o ato final. E nesse ato final o seu resultado ficará dentro de mim e levarei-o comigo por horas, dias, isso é a prova de que realizou ali o verdadeiro carinho que vem de você para mim. E isso basta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.