8 de ago de 2009

CASTELOS DE AREIA


Não faça de sua vida castelos de areia.
Não faça das amizades que conquista um desabamento de tristeza.
Faça sim de sua vida castelos de alvenaria, castelos indestrutiveis, pois serão seu abrigo em noites tristes.
Foi numa noite mútua de solidão que o conheci e é em noites de frio que me recordo dele.
Que foi com ele que vivi o que é amar ou seja fazer e receber carinho, esse carinho que me refiro é chamado respeito, dar e receber.
Foi no castelo sólido que estive no paraíso e continuo lá.
Não faça de sua vida, de seus sonhos e de suas ações castelos de areia movediça, não afunde o que é mais belo na vida no vazio.
Sou feliz e grata por todos os castelos que ja entrei e sai, pois aprendi com esses castelos a ser gente, ser elogiada e ser amada como sou.
No meu castelo sempre tem um lugar para você e digo-lhe que sempre será bem vindo.
Beijos amigos queridos e obrigada pelas surpresas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feliz por sua visita! espero que tenha gostado e claro seja sempre bem vindo.
Fraterno abraço, desejando felicidades.